Tabela FIPE ajuda a calcular IPVA e seguro

Muitas vezes as pessoas usam e abusam de uma ferramenta e muitas vezes nem percebem a importância daquilo, muito menos o trabalho que dá entrega-la pronta para o usuário.

E talvez a Tabela FIPE seja um dos maiores exemplos disso.

Criada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, a tabela é um estudo semanal que tira uma média dos preços dos automóveis em todo território brasileiro.

Vinte e seis unidades da Federação onde se conseguem chegar próximo do valor real que o veículo vale no mercado.

É lógico também que de cidade para cidade o que mais acontece é uma variação desse preço, ainda mais quando se pode levar em consideração não só estado real do carro, como cor, equipamentos, quilometragem e diversos outros detalhes na hora da compra.

Sem esquecer-se da oferta e da procura, o que desvia um pouco a atenção daqueles que podem ser os verdadeiros objetivos da Tabela FIPE.

O primeiro é, justamente, o cálculo do Imponto sobre Veículos Automotores, o bom e velho IPVA, que tem seu valor baseado, justamente no valor da Tabela.

Decisão que lhe permite estar sempre atualizado com as mudanças, valorizações e desvalorizações do mercado.

E quem também está interessado nesse sobe e desce é, justamente o consumidor, mas não para pagar o IPVA, e sim na hora de fazer o seguro.

Já que é a partir da tabela FIPE que as seguradoras conseguiram um modo de se manterem atualizadas semana após semana com os valores segurados.

O que permite que, principalmente em caso de Perda Total (PT), o segurado não seja prejudicado caso tenha feito um seguro de um carro que valesse menos na hora que contratou o serviço.

Portanto, se você tem seu carro e pagou um preço justo (dentro do que o mercado possibilita), pode crer que é por causa da Tabela FIPE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *